Environmental Protection
Plant Protection
Great productive experience

Monday, 1 September 2014
 

Technical support



Phytophthora - Formas de prevenção - 2007-08-21

A palavra Phytophthora deriva de Phyton, palavra grega que designa planta e phthora que significa destruidor.

Este fungo é responsável por vários problemas nos citrinos e em muitas culturas tropicais como a Manga, Papaya, Abacate, etc. Dentro do género phytophthora existem várias espécies de fungos entre os quais se destacam o P. citrophthora e o P. parasitica, responsáveis por doenças como a podridão das raízes, gomoses e podridão dos frutos.

Alguns porta-enxertos como o poncirus trifoliata e o citrumelo swingle são considerados resistentes, mas o carrizo, troyer e o volkamariana são tolerantes. Contudo, tem-se verificado nos pomares do Algarve árvores enxertadas em Troyer a morrer desta enfermidade, o que mostra uma fraca habilidade para regenerar tecidos radiculares infectados, ou um aumento da capacidade de infecção do fungo.

 

phytophthora - inicio da doença (V.Late)

Um dos factores favoráveis a esta doença é a humidade excessiva, temperaturas entre 23ºC e 28ºC e nível baixo de oxigénio. Nestas condições, o sistema radicular está debilitado não só pela dificuldade de absorção de nutrientes, como pelos metabólitos tóxicos produzidos pelos microorganismo do solo.

Por ouro lado, alguns esporos (zoosporos) produzidos pelos fungos no seu processo de reprodução (sexuada e ou assexuada), em condições de humidade excessiva, podem deslocar-se e infectar o córtex radicular de outras árvores ao seu redor. Por isso, é normal que ao aparecer uma árvore doente numa linha de plantação, passado algum tempo (um ano ou dois) outra árvore na mesma linha irá também aparecer doente. Pode até infectar outra linha de árvores desde que haja passagem de água de um lado para o outro de forma a disseminar o esporo do fungo até à outra linha e assim por diante. 

A melhor forma de evitar a propagação da Phytophthora, é regar de forma equilibrada, sem excessos de água e plantar as árvores em ligeiros camalhões, que permita uma boa oxigenação do terreno e drenagem durante o Inverno.

 

Desfoliação causada pela doença  

A utilização de rega de mini-aspersão utilizada durante muitos anos no Algarve, além de consumir mais água, contribuiu para a progressão desta doença em muitos pomares da região. Este sistema de rega, quase sempre molhava os troncos das árvores, possibilitando a instalação fácil dos fungos.

A passagem para o sistema de gota-a-gota além de permitir gastar menos água, não provoca salpicos e a disseminação de esporos, como acontecia com a mini-aspersão. A absorção ao nível das raízes é favorecida com a gota-a-gota dado que ao regar com menos água, há menos asfixia da raiz e porventura melhor oxigenação do terreno.

 

Tronco de laranjeira Valencia Late (p.e - C. troyer)

Existem vários produtos para tratar a phytophthora, mas sem dúvida nenhuma, a melhor maneira é mesmo evitá-la. Até porque as plantas não têm sistema imunitário como têm os animais, por isso as suas resistências são-lhes dadas pelo seu bom estado vegetativo. Por exemplo; quando uma árvore está inserida num solo de textura mediana com boa percentagem de matéria orgânica  e bom arejamento, as suas raízes estão bem desenvolvidas e fortes, logo a probabilidade de ser atacada por um zoosporo dum fungo  em condições que não lhe são favoráveis é muito baixa e portanto a árvore resiste.

Um animal desenvolve resistências à medida que contacta com as doenças, mas isto não sucede com as plantas, aqui ela resiste se a situação for desfavorável para o agente patogenio. No entanto, existe um produto no mercado denominado Alexin, que segundo as referencias do fabricante induz resistências à planta estimulando-a a produzir umas substâncias hormonais designadas phytoalexinas, ao mesmo tempo que nutre a planta com fósforo e potássio (fosfito de potássio).

O Alliete é outro produto muito bom no combate desta doença mas deve ser aplicado em alturas de crescimento activo, contudo o seu efeito não é hormonal mas provoca a morte dos esporos do fungo devido ao alumínio (fusetil de alumínio) na sua composição. Este produto sistémico desloca-se em sentido ascendente e descendente, por isso, no caso preventivo é excelente uma vez que transporta o aluminio até as raízes, impedindo a entrada do esporo e destruí-lo, caso tenha entrado.

 

Valencia Late num estado avançado da doença - sem recuperação

É evidente que se a doença já estiver instalada, o estrangulamento na passagem de floema (parte aérea → raiz) provocado pelos fungos phytophthora, impedem que o produto circule dentro da planta e nesse caso já será complicado faze-lo chegar às raízes através de aplicação foliar. Por isso, pode-se sempre fazer uma injecção com auxílio duma pistola sobre as raízes entretanto descobertas com uma enxada.

Outro produto com efeito sobre a phytophthora é o Ridomil (metalaxyl) que também é sistémico e pode ajudar neste combate da mesma forma que o Aliette (fusetil de alumínio).

O Ridomil pode ser aplicado na água de rega e em pulverização, o Aliette está indicado para pulverizações foliares, mas tanto um como outro, podem ser aplicados ao solo e via foliar. Dependendo da situação, o Aliette poderá ser aplicado ao solo como já foi descrito atrás, sempre que seja necessário aplicar sobre as raízes descobertas em casos de ataque grave. Para o caso de prevenção, a via foliar (em crescimento activo) com intervalos de 3 meses será um boa opção, mas atenção, devem-se alternar-se os produtos para que não se criem resistências. 

Os fungicidas normais à base de cobre e os ditiocarbamatos como o Zinebe,  Mancozebe etc, também têm efeito sobre estes fungos, mas o seu efeito na cura da doença é muito reduzido. Estes produtos actuam por contacto sobre a germinação dos esporos que possam estar junto ao tronco, mas têm pouco efeito sobre o micélio do fungo que entretanto possa ter entrado no córtex da raiz.

Em conclusão, os melhores fungicidas para combater a phytophthora são os sistémicos, os quais podem curar a doença enquanto houver circulação de seiva (início da doença), depois disso, poderá ser difícil curar a árvore devido às questões fisiológicas já descritas anteriormente.

Tendo em conta o modo de acção dos fungicidas, os sistémicos deverão ser aplicados enquanto houver crescimento vegetativo e os restantes, especialmente os oxicloretos de cobre, hidróxidos de cobre etc, com acção externa (contacto), deverão ser aplicados no Inverno.

Mais info:

http://edis.ifas.ufl.edu/CH087 

http://www.fao.org/docs/eims/upload/cuba/1060/cuf0022s.pdf

http://www.agrobyte.com.br/gomose.htm 



Notícias


../dbimages//thumbnails/vingamento3l.jpg
Campanha 2013/14 - Espanha - 2014-06-02
Espanha espera terminar a campanha com a produção de 480000 toneladas de fruta, das quais, praticamente metade em mandarinas (pequenos citrinos). O aumento das áreas em pequenos citrinos neste país, pode tornar-se bom para Portugal,cuja maioria da produção é laranja. Faltando em Espanha, procura-se em Portugal.



Rendimentos Agrícolas - 2013-12-14
O rendimento agrícola cresce 4,5% ao ano, dados do INE



../dbimages//thumbnails/newhall-fruta.jpg
Problemas com laranjas importadas - 2013-10-10
A associação valenciana de citrinos (AVA-Asaja) em Espanha, decteta a presença duma bactéria(Guignardia Citricarpa)nos citrinos importados da Africa do Sul, que provoca uma mancha negra na fruta.



../dbimages//thumbnails/valencia - ourubro1p.jpg
Quebra de Produção em 2013 - 2013-10-03
A campanha de laranja que passou, teve uma quebra de mais de 50%, segundo agricultores e cooperativas do Algarve.



../dbimages//thumbnails/c.g.jpg
Dragão amarelo (HLB) - 2013-09-28
Investigadores da Florida descobriram 16 porta-enxertos que podem ser resistentes à doença bacteriana do Dragão Amarelo ou "citrus greening"



../dbimages//thumbnails/2.4-d.jpg
Perigo fitossanitário - 2013-09-16
A importação de fruta da Africa do Sul e o seu deficiente controlo, está pondo em risco os citrinos em Espanha e também em Portugal.



../dbimages//thumbnails/scalecycle2.jpg
Combate às cochonilhas Pinta Vermelha - 2012-04-18
Investigadores da Universidade Politécnica de Valência (Espanha) em conjunto com a empresa, Ecologia e Protecção Agrícola, desenvolveram um sistema de combate à cochonilha Pinta Vermelha através duma feromona que colocada no campo, impede que os machos desta praga fecundem as fêmeas, provocando assim a redução da praga, o mecanismo é chamado de confusão sexual.



../dbimages//thumbnails/hlb.jpg
Descoberta Importante - 2012-04-28
Investigadores da Universidade do Texas, desenvolveram alterações genéticas em plantas de citrinos que lhes permitem resistir ao Dragão Amarelo. Doênça, que tem destruído milhares de hectares de pomares de citrinos na américa latina e muito especialmente no México.



Algarvecitrinos - 2012-03-29
Quero infomar as pessoas que têm por hábito consultar esta página, que me encontro também no face algarvecitrinos e lá podem me questionar directamente acerca daquilo que é do vosso interesse duma foma mais directa. A página Algarvecitrinos vai continuar com muita informação, mas o face sendo mais interactivo, representa uma forma mais directa de comunicação entre os agricultores, daí a sua existência. Obrigado



../dbimages//thumbnails/geadas.jpg
Excesso de frio - 2012-02-18
O Deputado do PS, EngºMiguel Freitas vai reunir com algumas associações de agricultores a 20 de fevereiro, para avaliar os estragos provocados pelo frio, nos citrinos e nas hortícolas do Algarve.



../dbimages//thumbnails/fruta queimada.jpg
Espanha a braços com a geadas - 2012-02-20
As geadas afectaram mais de 70 mil hectares em Valencia, com prejuízos de mais de 75 mil milhões de euros em citrinos!



Falta de Calibre nas laranjas - 2012-02-02
A falta de chuva neste inverno, está a afectar o desenvolvimento dos frutos.



../dbimages//thumbnails/geadas.jpg
Geadas - 2012-02-05
O frio que tem feito no Algarve, está a queimar os pomares de citrinos.



../dbimages//thumbnails/pomar.jpg
O que vem de Marrocos!? - 2011-09-21
Dez por cento dos citrinos marroquinos que circulam na U.E, ultrapassaram os limites maximos de residuos tolerados.



HLB na Argentina - 2011-01-29
A doença bacterina vulgarmente chamada "Dragão Amarelo" HLB, atinge proporções alarmantes em vários países da América Latina



Saiba mais sobre o Dragão Amarelo - 2010-04-06
O Dragão Amarelo, HLB ou Huanglongbing é uma doênça dos citrinos que se inica com o reverdecimento dos frutos e termina com a morte da árvore. A doênça, não tem cura e foi detectada na provincia do Yucatan no México e ameaça outras regiões do mundo.



Novos porta-enxertos - 2010-02-22
O IVIA, vai patentear 8 novos p.e (porta-enxertos)para a citricultura



Novas variedades de citrinos - 2010-02-16
A ANECOOP, apresentou hoje novas variedades de citrinos em Espanha. Trabalho realizado por técnicos de várias associações em colaboração com o IVIA (Instituto Valenciano de investigações agrárias). Especial atenção para a nova clementina precoce, variedade Clemensoon.



Citrinos ameaçados - 2009-08-01
A Praga do dragão amarelo ameaça dispersar-se



../dbimages//thumbnails/image_429.jpg
Irradicação das Moscas do Mediterrâneo - 2009-07-02
Os resultados da aplicação de armadilhas de captura em massa tem sido um sucesso, e há projectos para irradicar esta praga em Espanha.



../dbimages//thumbnails/13.jpg
Alteração da lei da Água - 2009-04-28
O diploma estabelece o novo regime sobre as utilizações dos recursos hídricos e os respectivos títulos (autorizações, licenças e concessões), devendo os pedidos de emissão de títulos de utilização dos recursos hídricos ser instruídos de acordo com o regulamentado na Portaria n.º 1450/2007 de 12 de Novembro.



../dbimages//thumbnails/syngenta-net.jpg
Syngenta - Estratégia de combate às moscas do mediterrâneo - 2008-01-29
A Syngenta apresenta sistema eficaz no combate às moscas do mediterrâneo (Ceratitis Capitata). Segundo ensaios efectuados no campo, reduz até 80% a população desta praga.



../dbimages//thumbnails/frutos regionais.jpg
A DRAPALG preserva as variedades regionais. - 2008-01-27
A Direcção Regional de Agricultura e Pescas do Algarve (DRAPALG), desenvolve desde há 15 anos um trabalho importantíssimo na manutenção e caracterização das variedades regionais.



../dbimages//thumbnails/picadela3.jpg
Captura de Moscas com Cera-Trap - 2007-11-08
A redução da aplicação de produtos químicos na agricultura, tem levado agricultores e técnicos à procura de métodos ecológicos no combate das pragas. No Algarve têm-se feito algumas experiências de campo com sucesso, particularmente na captura da Mosca do Mediterrâneo.



O porta enxerto ananicante citrange C-35, foi eleito o melhor. - 2007-07-29
Um estudo comparativo com vários porta enxertos, realizado em Espanha pelo I.V.I.A., demonstrou o interesse da utilização do p.e. citrange C-35 quer em laranjeiras quer em pequenos citrinos.